Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Escolaridade

O rapaz está 7º ano

Ele trouxe um trabalho para fazer, preencher um esquema num livro que pressupunha uma pesquisa na internet. Dei-lhe uma ajudinha. Depois ele disse-me que o trabalho era para apresentar numa cartolina. Comprei a cartolina e ajudei-o de novo, até disse para ele por umas imagens para ficar mais bonito.

 

O problema foi que ele tinha de apresentar o trabalho à turma, ou seja, ir ao quadro e fazer uma apresentação. Como eu não sabia, e ele calhou ser o primeiro, quando a professora disse para ele apresentar o trabalho, ele ficou calado e sem saber o tinha de fazer.  A professora ficou aborrecida com ele.

 

Depois de ele ver os outros a apresentar, percebeu o que era para fazer, e pediu à professora outra oportunidade, mas a professora disse que não podia ser, porque assim teria de fazer o mesmo a todos.

 

Ele vinha completamente desolado! Dizia que ia ter zero. E eu sinto-me tão culpada, por não me "ter escorrido"  que o tinha de ensaiar para o preparar para aquele trabalho, já que era uma coisa que ele nunca tinha feito nem visto fazer antes! Como é que eu não pensei nesta possibilidade!? É que nem me passou pela cabeça, logo eu, que ando sempre de volta dele por causa da escola.

 

A sério, ninguém imagina o que me doeu ver o desalento dele, e eu podia-o ter ajudado e  falhei!

 

Espero que, apesar do desgosto, ele tome isto como uma lição para o futuro, e que fique mais atento! Que perceba que pela sua vida escolar em diante vai ter muitos trabalhos para apresentar, e que vai estar por conta dele.

Autoria e outros dados (tags, etc)


6 comentários

Imagem de perfil

De marta-omeucanto a 12.12.2014 às 10:20

É terrível quando sabemos que podíamos ter ajudado e que falharam, de forma indirecta, por nossa causa. Por mais que digam que isso é o trabalho deles, que não temos que ser responsáveis nem nos culpabilizarmos, é difícil.
Lembro-me de uma vez estar a fazer revisões para uma ficha que a minha filha ia ter, no 4.º ano. Disse-lhe que havia lá umas coisas que quase de certeza não deveriam sair, ela não as estudou, e saíram. Depois virou-se para mim e disse "vês, fui na tua conversa e afinal saiu". Mas ela deveria saber que é preciso estudar tudo, ou pelo menos ter uma ideia.
Neste caso, a professora devia ter explicado o que ele teria de fazer. Se o fez, ele deveria ter dito e preparar-se. A mãe não tem que adivinhar, embora o possa fazer. Mas, num caso ou noutro, a professora, no dia da apresentação, podia ter ajudado, já que era a primeira vez, e ele o primeiro.
Imagem de perfil

De paranoias-de-mae a 16.12.2014 às 10:37

Nós tanto queremos ajudar e proteger que depois se as coisas não correm bem ficamos assim...a sentir culpa.
A professora disse que era para apresentar o trabalho numa cartolina, mas nem ele nem eu nos lembramos que o trabalho era para ir ao quadro fazer a apresentação à turma.
Eu não tenho qualquer queixa da professora, aliás gosto imenso dela e ele também, mas também achei que ela lhe podia ter dado uma oportunidade, ela sabe o quanto ele é tímido e puro. Também só conheço a versão dele. Para a próxima vai correr melhor.
Beijinhos
Imagem de perfil

De C. a 17.12.2014 às 21:21

Bem...sinceramente a professora, na minha opinião, não agiu de forma correta. A professora deveria ter tido em frente aos colegas " vamos dar uma nova oportunidade ao vosso amigo de apresentar o trabalho pois da primeira vez ficou atrapalhado". Com certeza ensinaria mais sobre o ajudar, aceitar, e que todos merecem uma segunda oportunidade. Da 1ªvez a Érica sentiu-se muito envergonhada de apresentar um trabalho e falou muito baixinho. na verdade ninguem a ouvia... Depois a professora explicou e recomeçou. Aprendeu a fazer as coisas como é suposto serem, sem ter envergonhado ninguem.
Enfim...acontece. Com certeza da próxima vez correrá bem ;)
Abraço
Imagem de perfil

De paranoias-de-mae a 29.12.2014 às 13:35

Sim deveria acontecer assim como descreves.
espero que sim, que da próxima corra melhor. Obrigada pelas tuas palavras :)
Imagem de perfil

De Alexandra a 29.12.2014 às 18:10

Quem errou foi a professora que não lhe explicou como se apresenta um trabalho. É função dela, não da mãe. E foi logo escolher para apresentar primeiro um menino que não sabia como o fazer? Sendo que era a primeira vez que acontecia devia ter perguntado quem queria ser o primeiro (há sempre um que quer ser o primeiro em tudo, nem que seja o primeiro a fazer asneira ;))
Ela é que devia ensinar a apresentar trabalhos.
Imagem de perfil

De paranoias-de-mae a 08.01.2015 às 08:08

Sim, perguntar quem queria ser o primeiro seria uma boa ideia. Mas este episódio marcou-o muito, espero que apesar de tudo, lhe sirva de lição :)

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Dezembro 2014

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031

Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D