Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Escolaridade

O rapaz está 7º ano


"Jardins Proibidos" e o drama de duas mães

por paranoias-de-mae, em 09.10.14

w620h395[1].jpg

Ontem fui até às lágrimas ao ver a novela "Jardins Proibidos", devido ao drama vivido por aquelas duas mães. Uma tem a filha a morrer porque precisa de um coração; a outra tem um filho em morte cerebral. A segunda criança pode salvar a primeira, mas para isso, a mãe teria de consentir a doação do coração. É muito, para se pedir a uma mãe, que vê que o filho ainda respira, que ainda está cá, embora na verdade já não esteja. Uma mãe precisa de tempo para se consciencializar da situação, para se despedir... mas tempo, é o que a outra criança não tem, para esperar.

 

Isto é ficção, mas não posso deixar de pensar que poderia ser real, e ponho-me a pensar que qualquer uma de nós, mães, poderia estar numa destas situações, e isso deixa-me tão triste e desesperada.

 

Nem mesmo na ficção, o final vai ser feliz para as duas partes, mas que pelo menos seja para uma!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


6 comentários

Imagem de perfil

De Alexandra a 09.10.2014 às 19:00

Felizmente, na vida real as coisas não funcionam assim.
Ninguém é confrontado com a família de um doente a pressionar para se desligar a máquina de alguém porque precisam dos órgãos. Os transplantes acontecem de forma anónima e a família de alguém em morte cerebral tem o seu tempo para as despedidas e não faz ideia para onde irão os órgãos do seu ente-querido.
Imagem de perfil

De paranoias-de-mae a 11.10.2014 às 10:20

Ainda bem, não fazia ideia como estas coisas se passam na realidade. Mas na ficção eles também referiam o facto de se ter quebrado regras.
Obrigada pelo esclarecimento :)
cumprimentos
Imagem de perfil

De Alexandra a 12.10.2014 às 17:09

Não tem que agradecer, nem foi sequer um esclarecimento, já que não sou da área e não tenho conhecimentos para lhe esclarecer nada :) Tenho um conhecido transplantado e sei que não faz ideia de onde veio o seu coração e infelizmente conheço duas famílias a quem um acidente deixou pessoas em morte cerebral e ninguém lhes deu a entender que deviam "despachar" para aproveitar os órgãos. Seria desumano se o fizessem.
Esta não é uma das novelas que sigo mas as poucos bocadinhos que vi é tolice em cima de tolice. Então os pais estavam a assistir à cirurgia de transplante?? Onde é que isso acontece? Até para a ficção há um limite ;)
Imagem de perfil

De paranoias-de-mae a 15.10.2014 às 08:19

O facto de os pais terem assistido é porque a mãe da menina é médica naquele hospital, mas mesmo assim, na vida real certamente não poderia assistir.
Imagem de perfil

De marta-omeucanto a 16.10.2014 às 15:02

Ainda que, na realidade, uma situação dessas se colocasse, e apesar de toda a lógica de que se uma determinada pessoa já não tem salvação, deve ajudar uma que está à beira de morrer e que pode, assim, ser ajudada, é uma pressão muito grande e uma decisão que precisa de tempo para ser tomada.
Quem tenha visto a novela pode perceber o lado da Teresa, mas tem também que perceber o lado da Rita.
Não é fácil para uma mãe aceitar que o filho vai morrer, que para todos os efeitos já está morto...
Uma coisa é os médicos desligarem as máquinas quando tiver que ser, outra é pedir a uma mãe para antecipar esse momento, para "matar" o filho porque alguém precisa dos seus órgãos.
E o medo do Dr. Gama, de que a mãe do doador tenha conhecimento de para quem foi o coração do filho é justificado. Em casos extremos, a pessoa pode pensar que tem algum tipo de direitos sobre o transplantado, perseguir ou sabe-se lá mais o quê.
Imagem de perfil

De paranoias-de-mae a 17.10.2014 às 17:13

Aquele episódio deixou-me muito chocada triste e até deprimida. Eu não sei porquê tenho tendência para me colocar no papel da mãe do menino e compreendo que agora essa mãe queira fazer parte da vida da outra criança, uma vez que está lá um pedacinho do seu filho. Deus me livre de passar por algo assim. é apenas um órgão, mas dá que pensar.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Outubro 2014

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031

Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D