Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Escolaridade

O rapaz está no 6º ano


A mãe ainda tem de estudar contigo!?

por paranoias-de-mae, em 07.12.15

Sei que fui eu que o habituei a estudarmos juntos. No 1º ciclo fazia sentido, porque a tenra idade assim o ditava. Mas agora já não são 3 disciplinas que tenho de estudar com ele, são 8, e ando cansada! Sempre que há teste estudo com ele, faço-lhe fichas, faço-lhe perguntas. Acho que até podia ir com ele fazer o  teste que tirava boa nota!

 

Mas como é que eu o desabituo disto? Para o bem dele e para descanso meu. Será que vou ter de fazer 12 anos de escola de novo!?

mae03[1].jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)


Meu querido e odioso tablet

por paranoias-de-mae, em 12.10.15

tabletlucas.jpg

Como mãe, vou escrever uma espécie de carta ao tablet do meu filho.

 

 

Tablete amote tanto,  quanto te odeio.

 

Amei-te muito quando, naquela semana em que estive a trabalhar e não tinha onde deixar o rapaz, tu foste quem tomou conta do meu filho. Ficaram os dois sozinhos em casa, e se não fosses tu, o puto jamais estaria sossegado e tranquilo. Graças a ti, tablet, eu sabia que ele estaria sentadinho no sofá contigo e só contigo, pois tu fazes com que ele fique quieto e tranquilo, sem ti, o rapaz, andaria os saltos pela casa a fazer traquinices.

 

Odeio-te quando por tua casa o rapaz não quer ir ao parque, não fazer passeios comigo, porque ele prefere-te sempre a ti. Odeio-te, quando ele não se concentra nos TPC's porque já está a pensar numa estratégia qualquer,  para superar um dos teus jogos! Odeio-te quando o chamo para jantar, e ele, pede-me só mais um bocadinho para não perder um jogo!

 

Gosto de ti quando me serves de recompensa para o comportamento dele ou me serves de chantagem para conseguir que o rapaz me faça alguma coisa que seja preciso.

 

Sinto que te detesto, mas que, no fundo, me fazes falta!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Por vezes pensamos que as maiores preocupações são quando eles são pequeninos, mas que depois, com o tempo, e com o crescimento deles, vamos nos preocupando menos! Mentira! Dei início a este blog, quando há 4 anos atrás ele iniciou o seu percurso escolar. Mas agora visto de longe, até acho que foi um período feliz e tranquilo.

 

Será mais difícil esta nova fase (5º ano), porque, mudou tudo. Aumentaram as responsabilidades e os perigos.

 

Enfim, acho que agora, agora sim, estou mesmo muito preocupada com o que aí virá!

mae-e-filho-blog.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)


Feliz dia da mãe

por paranoias-de-mae, em 05.05.13

O meu menino anda tão meiguinho, tão mimocas, tão querido! A primeira coisa que me disse hoje foi: " feliz dia da mãe"! A prenda deu-me ontem à noite, estava danadinho para me dar, queria esperar pela meia-noite mas deu um bocadinho antes porque tinha de ir dormir. Adorei a prendinha. Nestas idades as coisas têm um valor especial, porque é algo feito por eles e não comprado. É o máximo o meu filhote. Por vezes tenho de me beliscar para acreditar que Deus me deu um tesouro tão valioso e especial. Obrigada filhote por existires e por seres como és! Amo-te tanto, mas tanto...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Um filho que conhece bem a sua mãe

por paranoias-de-mae, em 27.08.12

Ontem percebi, o quanto o meu filho me conhece bem!

Estávamos os dois à mesa a lanchar, e a conversa dele ia para o futuro. Dizia que ia morar comigo até se casar. E depois diz: " E depois de casar, para onde vou morara!? Ah já sei mãe! Constróis uma casa aqui à frente do prédio! Assim estou ao pé de ti, e já não ficas preocupada"!

Autoria e outros dados (tags, etc)

As pessoas que me conhecem, algumas têm a tendência de não me contar determinadas coisas por saberem que eu sou extremamente preocupada, principalmente em situações relacionadas com o meu filho. Mas isso não é nada bom, porque depois eu venho a saber e da próxima vez vou ficar desconfiada. Por isso, por mais dura que seja a verdade, eu prefiro sabê-la logo.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Eu sei que ele está bem, mas

por paranoias-de-mae, em 02.04.12

O meu filho quando vai para a escola vai feliz, contente e aos pulos; quando o vou deixar no ATL ( porque está de férias escolares e não tenho com quem o deixar) ele chora, mas chora em silêncio, apenas lhe caem as lágrimas pela face e pede-me para que eu fique com ele em casa!

Como é que uma mãe , especialmente das stressadas, como eu sou, consegue estar bem no trabalho!?

Autoria e outros dados (tags, etc)


Preocupada à toa

por paranoias-de-mae, em 01.03.12

Uma colega tinha-o magoado (sem querer) numa porta e ele queixava-se muito da mão e do pulso! Mas como não tinha nada inchado nem negro apenas lhe pus a pomada "Arnigel". De manhã só se queixou quando íamos a caminho da escola e eu lhe peguei na mão, pois vamos de mão dada. Foi todo o caminho a queixar-se, pediu-me até para o ir buscar antes da aula de ginástica, porque não ia conseguir fazer ginástica assim. Eu passei o dia preocupada, e saí do meu trabalho a grande velocidade para chegar antes da aula de ginástica. Quando chego perto dele pelo portão, ele já nem se lembrava da dor, nem queria faltar á ginástica!

Eu não tenho emenda! O que eu  sofri neste dia, pensando que talvez o deveria ter levado ao médico, ou que poderia ser algo grave...Mãe sofre mesmo!!!

Autoria e outros dados (tags, etc)


A distância fisica

por paranoias-de-mae, em 31.01.12

Uma coisa que me aflige como mãe é estar longe do meu filho. Ainda há dias uma colega que convidou para ir passear no dia de folga a um centro comercial que fica distante.  Eu sugeri logo outro mais perto, porque me preocupa estar longe dele, porque penso logo: "e se me ligam da escola a dizer que ele se magoou ou algo do género? Vou estar longe e não o vou poder ajudar!"

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Antes da entrada no 1ºCiclo

por paranoias-de-mae, em 23.09.11

Comecei a "sofrer", logo nos últimos meses de Infantário do meu filho. Achava que ele estava ali tão protegido e seguro, que a ideia de o cenário mudar me deixava apreensiva. Quando vi a Educadora a tirar as decorações da sala...então aí só me apetecia era chorar. A maioria das mães estava feliz, porque os filhos iam começar uma nova fase.

 

Um dia estava tão preocupada com o inicio desta nova fase que desabafei com uma amiga. Ela ouviu-me, mas ficou tão indignada de eu estar a sofrer com um motivo tão simples que me disse: " tu não deves de ter problemas sérios, pois não?" Naquele momento fiquei um pouco magoada em ouvir aquilo, pois para mim o problema era grande, mas depois acabei por pensar que era normal ela não entender, afinal se há tanta gente a dizer coisas parecidas, devem de ter alguma razão! Se calhar sou eu que preciso de acompanhamento psicológico, pensei!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Junho 2017

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930

Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D