Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Escolaridade

O rapaz está no 11º ano


Dois semestres em vez de três períodos

por paranoias-de-mae, em 22.09.21

Vamos lá ver se nos conseguimos adaptar e organizar assim! Digo eu, que como mãe e até ex-estudante,   estou habituada a um sistema que foi igual, por décadas!

Ainda não consigo avaliar se este sistema é melhor ou pior. Pelo que entendi, a avaliação só terá dois momentos, e antes tinha três, sendo que o terceiro dava sempre para equilibrar e melhorar as notas! Talvez assim, sabendo que não há terceira oportunidade, se apliquem mais nas duas existentes!

Vamos ver como corre!

Dois semestres em vez de três períodos.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)


Bom ANO LETIVO 2021/2022

por paranoias-de-mae, em 20.09.21

BOM ANO LETIVO.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)


Sonhos SEM asas

por paranoias-de-mae, em 07.09.21

O inicio do ano letivo, deixa-me sempre um pouco nostálgica.

Durante os primeiros 19/20 anos da minha vida, desejei e sonhei ser , como se dizia na altura, professora de escola primária.

Mesmo não tendo um percurso escolar fácil, com muitas regras, privações, proibições, (pressões de quem achava que eu devia era ir trabalhar, mesmo sendo menor) e bullying.

Quando era miúda, fui professora a fingir de todos os meus primos mais novos, que moravam perto. Sempre que ia alguém lá a casa com crianças, lá ia eu arranjar papel e lápis e fazer de professora.

Entretanto cheguei a um momento em que percebi que não era possível, que tinha mesmo sido só um sonho. Quando vi os outros a concorrer ás universidades, e eu a não poder fazer o mesmo, sofri. Faltou não só dinheiro, como incentivo, apoio. Na altura ninguém me disse que podia arranjar um trabalho e estudar aos mesmo tempo. Mas conformei-me, aceitei!

Mais tarde, vieram os filhos das amigas, e se estivesse mais perto, teria também ajudado os sobrinhos.

Depois foi o meu filho. Por vezes, perguntavam-me como é que eu tinha paciência para o auxiliar, porque os colegas dele andavam em centro de estudo. Mas eu apenas concretizava o meu sonho, de certa forma.

Ainda hoje quando passo a uma escola primária me comovo. Paro, observo, fico a contemplar.

Sinto falta das reuniões de pais presencialmente na sala de aulas do meu filho. O que para uns pais era uma chatice, uma obrigação, para mim era um gosto. Ficava sempre até ao final!

Agora, que mais um ano letivo está a iniciar,  fico a olhar para a agenda do Professor nas lojas de material escolar,  fico com vontade de comprar uma para mim. Mas depois lembro-me que não sou professora!

agendadoprofessor.jpg

Mas, alguém me disse um dia, que nós somos aquilo que mais fazemos, e o que mais tenho feito, é tentar ensinar. Sendo assim, terei em mim, sempre um pouco de professora!

Autoria e outros dados (tags, etc)


A vacinação dos adolescentes

por paranoias-de-mae, em 18.08.21

Quando chegou a vez de nós adultos nos vacinarmos, apesar de termos algum receio, não hesitamos!

Quando chegou a vez de agendar a vacinação aqui do rapaz, fiquei mais apreensiva. Acredito que seja o melhor para eles, mas sendo uma vacina criada ás pressas, com tantas controversas, é normal que tema por ele. Primeiro era para vacinarem, depois recuaram, depois voltaram!

No entanto, ele quer levar, e diz ser a melhor forma de acabar com tudo isto, é estarmos o maior número de pessoas possível vacinadas, atingindo a chama imunidade de grupo! Ele já falou com dois colegas que mesmo sendo do mesmo ano, já fizeram 16 anos e por isso já levaram e tudo correu bem, para já!

A vacina está agendada. Ele está confiante! Eu, um pouco stressada e preocupada, mas decidida!

Que Deus nos ajude, e que seja mesmo a melhor opção!

teste-vacina-crianc¸as_site.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)


A devolução dos livros

por paranoias-de-mae, em 15.07.21

Chegou por email o aviso para a devolução dos livros, que o estado tinha, por assim dizer, emprestado. Para o 10º ano, tinha de ser naquele dia e naquelas três horas disponíveis. Havia encarregados de educação, insatisfeitos porque , para alguns era horário de trabalho, e alguns trabalhavam longe. Mas todos tinham feito um esforço para ali estar. A fila era grande, um pouco ao sol, mas também estavam três pessoas/janelas a receber.

Quando chegou a minha vez, entreguei duas disciplinas do 10ºano  ( as que não ira ter exames) e perguntaram pelos livros do 9ºano! Fiquei surpreendida, pois no ano anterior, tinham dito que por causa da pandemia, não iam pedir a devolução dos livros. Fiquei a saber que tinha de devolver. Teria de ir a casa buscar e voltar lá. Disse que ele tinha estudado noutra escola no ano anterior, e chamaram alguém para dizer em que escola os  teria de devolver. Disseram que tinha de ser na escola onde ele fez o 9º ano.

Liguei para a escola e o prazo lá já tinha acabado, mas disseram que abriam uma exceção, visto que só naquele dia tive a informação. Com a ajuda do rapaz lá reuni os livros, que já estavam arrumados numa caixa. Dirigi-me à escola. A pessoa que me atendeu ao telefone foi simpática, mas a que me recebeu, quando eu pedi desculpa pelo atraso e disse que não sabia que eram para devolver disse-me "à partida, quando nos emprestam uma coisa, sabemos que mais tarde ou mais cedo a temos de devolver, porque foi emprestada, não foi dada"!

Fiquei aborrecida. Se esta ajuda do estado não me fizesse a falta que faz, comprava todos os livros, só para não ter de aturar isto! Mas eu alguma vez ficaria com uma coisa que não era minha, só porque sim!?

devolucaolivros.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)


Transitou de ano

por paranoias-de-mae, em 11.07.21

Não foi um ano letivo fácil, muitas mudanças. Mudança de escola, de localidade. O seu habitual grupo de amigos desde o primeiro ano escolar, desfez-se. Ele é um miúdo sossegado, mas não era tímido, tinha o seu grupo de amigos, com os quais tinha as suas brincadeiras, jogos, até chegava a liderar. Entretanto mudou para uma escola gigante em comparação à anterior e não foi fácil a integração. No inicio, os professores não o entenderam, disseram que era anti-social. Podiam ter tentado entender ou ajudar, mas foi mais fácil colocar rotulo. Só eu sei o que me custava vê-lo desanimado. Fui sempre dando animo, incentivando. Depois a pandemia, também não ajudou, porque as aulas em casa, embora tivesse concordado que era mesmo necessárias, não eram a mesma coisa.

Entretanto aos poucos as coisas foram melhorando. Em relação à avaliação: correu bem,  não teve grandes notas, também porque não as ambicionou, mas empenhou-se naquela disciplina que teve 8 quer no primeiro, quer no segundo período e obteve um 10! Nenhuma nota dele foi de favor, foi tudo justo, incluindo esta recuperação.

Gostaria que no próximo ano, as coisas fossem mais fáceis. com ele bem mais integrado,e, se possível que se pudesse voltar ao normal, sem esta ameaça da pandemia!

BH3425.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)


O rapaz filosofa sem se dar conta...

por paranoias-de-mae, em 21.06.21

Logo no início do ano letivo escrevi aqui sobre o facto de ele ter embirrado com filosofia. Dizia que aquilo não fazia sentido, não tinha interesse e sei lá mais o quê. Mesmo assim, nunca teve nota negativa.

Agora vejo-o interessado. Até o vejo a brincar com a disciplina. Estava preparar-se para um teste onde tinha de estudar as teorias de Kant e Mills.

Então diz assim:« Estou aqui a imaginar uma situação! Faz de conta que sou um homem adulto, casado com filhos. Estou á porta de um banco para o assaltar, mas antes de avançar de um lado está o Kant que me diz para não o fazer, porque a minha atitude é moralmente incorreta; do outro lado está o Mills que me diz que o que conta é a acção que deixaria o maior número de pessoas felizes! E visto que o dinheiro do assalto ia deixar as quatro pessoas que tinha em casa contentes, decidia que o melhor seria avançar com o assalto! »

Achei engraçado este raciocínio, porque não é nada dele fazer estes pensamentos. Até lhe disse: " dizes que não gostas de filosofia, mas estás a filosofar !"

millkant.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)


Cansado de estudar...

por paranoias-de-mae, em 27.05.21

Ainda há dias, ele me disse que até gostava de ir para a universidade, que arranjava um part-time para conseguir pagar as propinas, porque sabe que é caro. Fico feliz quando ele diz estas coisas.

Mas parece que depois, as atitudes dele não sustentam estas palavras. Diz que está cansado de estudar, dos testes, que quer que as férias cheguem logo!

Até parece que passou o ano todo envolto em livros. Ele pouco estuda  é sempre preciso estar a pedir/ordenar. Sempre lhe disse que não se consegue alcançar os objectivos, sem esforço, trabalho, dedicação! Como pode achar que está cansado!?

queostestesacabem.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)


Evolução positiva

por paranoias-de-mae, em 24.05.21

Eu tinha aqui escrito sobre uma disciplina que ele teve tanto no 1ª como no 2ª período um 8.

Quando já este período ele ia fazer teste dessa disciplina, ele estava desmotivado (achava que não valia a pena estudar) porque do 1º para o 2º período tinha evoluído um pouco e achava que podia ter 9, mas a professora manteve o 8. Mas eu insisti com ele, disse-lhe que não desistisse, que ainda poderia conseguir reverter a situação.

Então com algum esforço lá o convenci a tentar, a não desistir. Até lhe disse "prova à professora que és capaz, e vais ver que ela ainda se vê obrigada a dar-te um 10!" Ele ainda respondeu que isso não ia acontecer. Eu novamente insisti e disse: vais conseguir, acredita em ti, esforça-te, dá o teu máximo! Estudou!

Fez o  teste, disse-me que até tinha corrido bem, e que achava que podia ter positiva.

Quando recebeu o teste, ele que nem é de me mandar mensagens a não ser para responder a alguma coisa que lhe pergunte, mandou-me mensagem a dizer "Tive 13"!

Só nós sabemos o valor desta nota!

Pois  fui eu que o tive de encorajar para que ele não desistisse,  porque a professora deixou-lhe mágoa. Eu lutei por ele e com ele. Por vezes, há professores que desiludem um pouco os alunos, que lhes dão vontade de desistir, quando eles só precisavam de um pouco de valorização. Felizmente eu estou sempre atenta e não o deixei cair.

Claro que agora manter a nota não vai ser fácil, mas ele vai se esforçar de novo e agora com mais incentivo!

retyu7654.jpg

Espero que seja mesmo possível ele recuperar a nota, e perceber que quando se trabalha e se acredita em si mesmo, o resultado positivo, vai surgir!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Isso passa com o tempo e com a idade

por paranoias-de-mae, em 15.05.21

O miúdo em pequeno, e devido a comentários na praia, não gostava muito de usar calções.

O facto de ser branquinho e de assim o apelidarem deixou marcas. Eu achava estranho, mas sempre me diziam que ia passar com a idade.

A semana passada disse-lhe que lhe ia comprar uns calções ou fato treino, para a educação física porque vinha aí o calor. Pediu-me logo para não comprar. Disse-lhe que agora ele já nem era tão branquinho, mas ele disse, que mesmo assim, não se sentia bem de calções. Sugeri bermudas, mas nem assim. Pediu um fato treino mais fresco, mas com calças!

O problema é que não é assim tão fácil encontrar!

fatoteino.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Setembro 2021

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930

Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D