Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Escolaridade

O rapaz vai para o 8º Ano


Decepcionada com a escola

por paranoias-de-mae, em 25.03.18

depositphotos_28085831-stock-illustration-school-s

 

Também já fui estudante e já nessa altura me custava a aceitar injustiças. Mas tudo passava. Agora, no papel de mãe de um estudante, de vez em quando, lá volto a encontrar injustiças. Parece que agora dói mais aceitá-las, porque dedico muito tempo a digeri-las, e a consciência do "não se pode fazer nada", apoquenta-me mais.

 

Uma amiga dizia-me que temos de dar um desconto aos professores, porque eles se sentem injustiçados, por não lhes darem as devidas condições, e por isso andam em manifestações, e estão saturados. Até ai eu entendo, mas é preciso "descontarem" nos alunos!?

 

Há muita intolerância. Os professores para se resguardarem escreverem nas matrizes dos testes que as respostas ilegíveis são cotadas a zero, ou seja, nem tentam perceber a letra , ou perguntar, é logo uma cruz em cima da resposta.

 

Numa língua de iniciação, na apresentação de trabalhos de grupo, exigem que a mesma apresentação seja feita sem uso da leitura com auxilio de papel, ou seja, têm de falar de cor, quando há vocabulário que nem foi ensinado na aula.

 

Podiam pelo menos ensiná-los a fazer apresentações, dizerem-lhes a postura a tomar, como devem de agir, para onde devem olhar. Ninguém nasce preparado para ser orador, precisam de auxilio, de orientação.

 

Numa ocasião o meu filho viu a sua pontuação na apresentação ser diminuída porque esteve encostado ao quadro, mas no momento não foi alertado, só depois na avaliação, ficou a saber.

 

Mas agora, é descansar um pouco. Esquecer tudo,  ter esperança que o terceiro período seja mais calmo, esperar boas notas. Penso que a possível negativa será a matemática, porque apesar de ter recuperado, não deve chegar para positiva...

 

Bom descanso a todos os professores, alunos, pais e funcionários.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


10 comentários

Imagem de perfil

De omeumaiorsonho a 26.03.2018 às 00:10

Pois nem sempre as coisas são justas e acredito que agora custe mais a nós mães lidar com essas injustiças!
Imagem de perfil

De paranoias-de-mae a 27.03.2018 às 09:33

Sim, porque temos outra idade, outra maturidade, e a maternidade...
Imagem de perfil

De marta-omeucanto a 26.03.2018 às 10:04

É o que sinto também, que nos custa mais enquanto mães, do que enquanto estudantes que já fomos.
A verdade é que a maioria dos professores não estão lá para formar ninguém, apenas a debitar matéria, cumprir programas e ganhar o ordenado. As condições em que trabalham podem não ser as melhores, e por isso lutam como podem, mas os alunos não têm que pagar por isso.
Mas, quando, sozinhos, tentamos encontrar flexibilidade e abertura num muro de pedra, sabemos que é uma luta perdida.
Imagem de perfil

De paranoias-de-mae a 27.03.2018 às 09:35

É mesmo isso, mas ficamos tristes por os ver desapontados, e derrotados, e a acharem que não são valorizados...
Imagem de perfil

De C. a 27.03.2018 às 00:38

Também senti injustiça num trabalho do meu filho mas por motivos completamente diferentes. Era um trabalho de grupo, mas os colegas não o deixaram fazer nada. Então ele acabou por fazer um sozinho . No dia de entregar ele explicou ao professor, os colegas não entregaram nada porque não acabaram o deles, então ficaram todos com a nota do trabalho feito apenas e só pelo meu J.
Não compreendo como isso é possível. O trabalho de um dado a todos, mesmo depois de explicar que foi feito sozinho por ter sido "excluido" do grupo.
Não é fácil, mas acho que no meu caso , ele aprende a lidar com pessoas menos corretas. Chegou a casa furioso claro! Um dos meninos ele considerava um bom amigo...o que piorou a situação . Sentiu-se traído e injustiçado.
Situações que preferimos evitar...mas que infelizmente temos de lidar.

No caso das apresentações os meus aprenderam a fazê-las no 4º ano ( tiveram a mesma professora e ela é TOP). E por acaso, foi uma das coisas que achei muito positivo! A professora explicou a cada um como se fazia, e durante as apresentações foi dizendo o que estava bem, mal, e também estratégias para os mais envergonhados.
Imagem de perfil

De paranoias-de-mae a 27.03.2018 às 09:40

Realmente isso foi muito injusto, e o próprio professor não foi correto.

Claro que o rapaz se sentiu mal com a situação. felizmente que nestas idades, eles conseguem ultrapassar melhor as situações.

Quem me dera ter assim uma professora TOP, isso sim, é ajudar, é ensinar, é preparar os alunos, porque ninguém nasce ensinado e nem todos têm o mesmo á vontade...
Imagem de perfil

De C. a 27.03.2018 às 22:20

Sim sem dúvida! A minha mais velha tinha imensa vergonha, e foi essa professora que disse para quando assim for pedir para apresentar sentada. Ela fez 2 apresentações sentada e nunca mais precisou da cadeira! Estar sentado deixa-os menos nervosos, dito por ela mesmo. E rapidamente conseguiu controlar esse nervosismo. Ela continua a ser uma miúda super calada ( demais até), pouco participativa e se puder passar despercebida está nas sete quintas. Mas quando solicitado, consegue falar, apresentar etc, sem se sentir constrangida como foram as primeiras vezes. ( dizia a professora que se viam os joelhos tremelicar e a face vermelha que nem um tomate!).

Desculpa o testamento,sou muito tagarela .
Abraço
Imagem de perfil

De paranoias-de-mae a 28.03.2018 às 09:31

Só tenho a agradecer o testamento, pois todas as ideias são válidas e essa de estar sentado, é uma boa sugestão , pode ser que resulte, e depois já não seja preciso. O que o meu diz é que fica stressado e treme...
Imagem de perfil

De Maribel Maia a 29.03.2018 às 17:07

É importante que as crianças aprendam a lidar com injustiças...prepara-os para a vida adulta....
Tenho algumas dicas sobre esses e outros temas no meu blogue.... pode ser que ajude.... coisas que a escola nem sempre ensina....
Votos de uma Boa Páscoa e um 3º Período bem melhor!!!!
Imagem de perfil

De paranoias-de-mae a 03.04.2018 às 10:24

sim, realmente as injustiças têm esse ponto positivo, prepará-los.
Obrigada
Tudo de bom

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Março 2018

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D