Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Escolaridade

O rapaz está no 11º ano


Avaliação qualitativa

por paranoias-de-mae, em 25.04.22

A avaliação desta vez foi qualitativa, uma vez que, sendo por semestres, só há duas vezes, avaliação quantitativa!

Este ano é a Filosofia que lhe anda a dar trabalho. Não queria nada que deixasse uma disciplina para trás. Se for mantiver o 9, não é mau de todo, mas era melhor que conseguisse chegar ao 10!

avaliação-portabilis.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)


As notas do primeiro semestre

por paranoias-de-mae, em 18.02.22

Este rapaz, por vezes até me surpreende. Ele nunca foi de ter grandes notas, pois também não estuda para isso. No entanto, foi numa disciplina que nada tem estudado, apenas está a gostar da matéria e do professor, e, por isso teve um 18! E não foi a história, que essa é supostamente  a sua disciplina preferida.

Sendo que esta foi a nota mais alta, também teve um 9. De resto andou por ali!

7645231772.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)


E as notas?

por paranoias-de-mae, em 24.12.21

As pessoas perguntam: então tiveste boas notas? Quantas negativas?

Não sabemos. Como isto agora é por semestres e ninguém estava habituado, não sabemos!

22218950_HWGOB.jpeg

Autoria e outros dados (tags, etc)


Dois semestres em vez de três períodos

por paranoias-de-mae, em 22.09.21

Vamos lá ver se nos conseguimos adaptar e organizar assim! Digo eu, que como mãe e até ex-estudante,   estou habituada a um sistema que foi igual, por décadas!

Ainda não consigo avaliar se este sistema é melhor ou pior. Pelo que entendi, a avaliação só terá dois momentos, e antes tinha três, sendo que o terceiro dava sempre para equilibrar e melhorar as notas! Talvez assim, sabendo que não há terceira oportunidade, se apliquem mais nas duas existentes!

Vamos ver como corre!

Dois semestres em vez de três períodos.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

Saíram as notas! Eu vi primeiro que ele! Meu sentimento : injustiça!

As notas dele variaram entre o 12 e o 14 exepto uma...que foi 8! Nunca foi aluno de altas notas, mas também raramente teve uma negativa.

Já no primeiro período teve esse mesmo 8, este período esforçou-se para subir. A professora até disse que  ele tinha evoluído e que tinha notado o esforço. Quando ele humildemente pediu um 9, a professora não disse que não. Ficou convencido que teria um 9. Até estava entusiasmo, dizendo que só faltava um bocadinho, que ia já ver a matéria que vinha a seguir para se inteirar  e conseguir superar a nota.

Vai, leva um banho de água fria!

Vai, cortam-lhe as asas.

Vai, tiram-lhe a esperança!

Aquela professora, do pouco que ouvi uma vez que ele estava na aula pelo computador, pareceu-me muito atenciosa e querida com as meninas e quando a conversa era com os rapazes , era a despachar! Mas foi apenas um parecer, não quero de modo algum, estar a pensar errado!

Ele é tímido e participa pouco nas aulas, como mudou de escola e não conhece ainda os colegas e os professores, fala pouco, mas ninguém percebeu que isso é do feitio dele, apenas acham que ele é anti-social! Ninguém tenta puxar por ele, dar-lhe confiança, para que ele fale.

Custa-me vê-lo tão desanimado, a achar que já não vale a pena, que para aquela disciplina está perdido o ano. Lá o tento animar, mas não está fácil!

Não sei o que estes professores ganham com estas atitudes! Será que não percebem que estão a ser injustos!? Que estão a condicionar a vida das pessoas. Que estão a desmotivar, quando deviam de dar uma oportunidade!? Não são também eles pais!? Não têm sentimentos!?

notasavaliacaopt.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)


O 8º ano está definitivamente encerrado

por paranoias-de-mae, em 29.06.19

Correu tudo bem, ele transitou de ano, sem negativas, tal como estávamos à espera!

concluson.jpg

Não quero parecer picuinhas, mas, há coisas que me intrigam. É certo que no ultimo período, os professores puxam ao máximo as notas, para que os alunos transitem de ano. O que me incomoda é que por exemplo os professores dêem o mesmo 3 tanto a uma aluno que teve 42% e o outro teve 72%, quando o nível de participação e outros itens é praticamente o mesmo. Tanto que achávamos que ele ia ter um 4 a essa disciplina, visto que sempre teve mais de 60% e outros nunca passaram dos 55%, e tiveram alguns quarentas e até trintas e tal. Mas, eles é que sabem.

 

Episódio 8º ano, está encerrado, e também já está matriculado para o 9º ano. Agora é hora de descansar e recarregar baterias!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Não sei muito bem explicar, mas a forma de avaliar, está diferente. Felizmente agora, já não são os testes que mais contam. Ao que entendi, os testes, contam, na maioria das disciplinas 50%. Ainda bem, porque normalmente os testes são feitos nas ultimas três semanas de aulas, e parecia que só aquele tempo contava, parecia que tudo o resto, era apagado. Agora contam, trabalhos de casa, trabalhos de grupo, comportamento, participação, interesse demonstrado, cada item tem a sua percentagem, somam tudo e fazem a média, e perante a percentagem da média, dão a nota.

 

O meu filho, desceu as  notas que teve no período passado, mas mesmo assim, não teve negativas, o que foi bom. Espero que, pelo menos mantenha. Ele precisa de estudar mais, e de não ficar demasiado confiante. A disciplina de francês, está a ser um problema, não entendo a aversão que lhe tem, mas lá por eu gostar e tentar fazer com que ele goste, não quer dizer que consiga...A matemática também não está fácil, mas tem melhorado.

 

cloud-avaliação[1].jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


O ensino está cada vez melhor

por paranoias-de-mae, em 21.06.18

Depois de um intenso ano letivo de trabalho e esforço, chegam finalmente as merecidas férias que todos tanto esperávamos!

 

Só que não! Os professores resolveram fazer greve ás avaliações, prejudicando principalmente os alunos e stressando os pais! E agora ? Fica tudo em suspenso. Nem os alunos nem os pais podem agendar férias com tranquilidade.

 

Cada um tem as suas lutas, e cada um sabe e tem consciência a quem atinge!

 

A ver se ficam satisfeitos, e lhes serve de proveito e  assim  para o ano não descontam tantas frustrações nos alunos!

 

greveprejudicapaisealunos.jpg

Desculpem o desabafo, mas estou mesmo chateada com o sistema!

 

E os senhores do governo e que têm poder para fazer alguma coisa, vão só ficar a assistir!?

Autoria e outros dados (tags, etc)


A escola serve para ensinar e os pais para educar

por paranoias-de-mae, em 26.04.17

Numa das disciplinas de Educação*, tinham um trabalho de investigação para fazer em grupo. Três rapazes, todos com 11 anos. Disseram-lhes que era para fazer em Power point, mas nunca ninguém, na escola, lhes ensinou a trabalhar com o Power ponit. Os miúdos até aprendem bem as coisas relacionadas com computadores e tecnologias, mas são mais virados para os jogos, julgo eu. Logo aí se depreende, que quem não tivesse alguém que percebesse do assunto e os ajudasse, ficavam desamparados.

 

Dei umas dicas ao meu filho de como funcionava o Power point. Disse como ele tinha de pesquisar as coisas no Google, disse-lhe para não copiar e colar, mas tirar ideias e colocar palavras dele. Ele captou o essencial. O trabalho consistia em apresentar uma corrente artística do séc XX.

 

Ajudei, e depois de ver o trabalho, pensei que estava bom.

 

Contudo não imaginei, porque não foi dito, que era um trabalho muito exigente e tinha exigentes parâmetros de classificação. 

work02.JPG

Nunca ninguém lhes ensinou a fazer um índice, claro que se eu soubesse que era necessário, ter-lhes-ia ensinado, pois eles nem tinham noção. Se não forem os pais ou na explicação, não é na aula que lhe ensinam, e isso é triste...

 

Quanto a mim, o trabalho tinha introdução, apesar de não ter lá a palavra. Mas, realmente,  não fizeram conclusão.

 

E a bibliografia/webgrafia, pensam que os miúdos dessas idades e no 6º ano já sabem o que é!? O meu depois de ver o quadro, e sendo puxado a isso por mim, chegou lá. Mas também não imaginei que para um trabalho, supostamente tão simples, e a nível de 6º ano seria necessário incluir, erro meu, talvez.

 

Valeu a lição pelo que, ao menos ele agora já sabe, e na próxima, pelo menos nestes pontos, já vai estar mais preparado. Aprendeu ás custas dele, da mãe, e não foi a escola que o ensinou...

 

Será que  quando a professora deu o tema para o trabalho, não podia ter logo dado estes parâmetros de avaliação!?

 

Dizem que a escola serve para ensinar e os pais para educar, não é?

 

*Educação visual, educação tecnológica, educação física, educação musical

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Tempo de estudo

por paranoias-de-mae, em 05.03.13

Novamente em fase de fichas de avaliação. Só de manhã quando acorda é que se sente inseguro, porque quando estamos a estudar, só quer é despachar serviço!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Maio 2022

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031

Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2011
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D