Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Escolaridade

O rapaz está no 8º ano


A facilidade com que ele se distrai nos estudos

por paranoias-de-mae, em 27.01.19

Antes eu achava que tanta falta de concentração, era imaturidade, mas agora começo a achar, que pode haver aqui algum problema.

 

Estava ao pé dele enquanto ele estudava, fazendo uma ficha,  e o facto de estar perto de uma janela, fazia com que ele se distraísse completamente do estudo para se fixar numa sombra qualquer que ele estava a visualizar.

 

Podem achar que é exagero meu, mas se houver uma mosca no espaço onde ele está, ele fica mais tempo a seguir o trajeto da mosca, do que concentrado no estudo.

 

Tenho de estar sempre por perto e a chamá-lo à atenção! É impressionante! Cansa-me imenso! Ele reconhece o erro, pede desculpa até, mas minutos depois, repete a cena!

estudarajanela.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)


O regresso á rotina, custa tanto...

por paranoias-de-mae, em 03.01.19

Hoje, quase que precisava de um guindaste para tirar o rapaz da cama! Há pois é, dormir até as 10 ou 11horas, não ter hora certa para quase nada, deitar tarde, brincar, ver filmes, jogar computador, é bom, não foi!?

 

Ao que ouvi dizer,  vem aí dois meses, sem feriados! Coragem!

 

gresso.gif

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Elogiar ou não elogiar as notas, quando merecem!?

por paranoias-de-mae, em 22.12.18

Talvez graças ao nosso esforço, as notas foram BOAS! Para mim, as melhores que já teve. Isto porque ele não é de ter grandes notas, porque ele também não tem muita ambição, é do tipo: basta que tirar positiva!

 

É a primeira vez que ele tem mais 4's do que 3's! Também não teve negativas, nem a Educação Visual, que era a que mais dúvidas suscitava!

 

Fiquei contente! A directora de turma elogiou na reunião, e acreditem, que não é habitual.

 

Quando cheguei a casa mostrei-lhe as notas e até ele ficou surpreendido. Elogiei, dei abracinho, e voltei a elogiar. O pai, minutos depois,   à parte, disse-me que não devia ter elogiado tanto, porque ele depois acomoda-se  e desleixa-se. É verdade, ele é mesmo assim. Mas mesmo assim, ele merece o elogio, o incentivo. Eu na idade dele, não recebia elogios, e sempre senti que não tinha talento para nada, e é triste, faltou-me  confiança, e isso deixou-me complexos! Também é preciso elogiar, principalmente, quando é merecido!

 

Claro que não vou baixar a guarda! Não vou deixar que se deslumbre demais e que se sente à sombra da bananeira! Mas estou mesmo orgulhosa. Afinal, valeu a pena, o esforço!

564DOSA.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Finalmente as férias escolares chegaram

por paranoias-de-mae, em 15.12.18

feriasesacolares.jpg

Estávamos mesmo a precisar delas. Andava numa correria tonta, sem tempo para nada. Era testes, era trabalhos, era apresentações. Ufa! Descanso!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Preciso de férias...da escola do meu filho

por paranoias-de-mae, em 04.12.18

Preciso que este primeiro período escolar termine. É testes, é trabalhos para apresentar, é trabalhos de grupo, é arranjar tempo para tudo! As três línguas: português, inglês e francês com apresentações orais, não deu tempo para decorar a primeira apresentação, vai ter de usar papel, vai ser penalizado...é trabalhos das disciplinas como educação visual ou TIC.  Depois aquele rapaz foi mal habituado, está sempre à minha espera para tudo, eu tenho as tarefas domésticas todas para fazer, é o emprego. Esta semana ainda tenho de ir à oficina. Sinto-me exausta e ele também está cansado.

 

Há colegas dele que fazem tudo na explicação, mas o meu não anda na explicação, apenas vai a um centro de estudos ter umas aulas de matemática, na véspera de teste, porque é aquela disciplina que eu não percebo  nada de nada e não o posso ajudar!

escolaferiasja.jpg

 

Vá lá férias, venham até nós!

Autoria e outros dados (tags, etc)


O rapaz que queria mudar a história

por paranoias-de-mae, em 03.12.18

caprioli-a-viagem-de-cristc3b3vc3a3o-colombo[1].jp

Estávamos a estudar história, na parte dos descobrimentos. Primeiro, ele lê a matéria e eu depois faço perguntas oralmente, ou então tiro fichas da Internet. Desta vez, eu estava a fazer as perguntas. Vai, ele dá-me uma resposta errada. Eu digo mas não é isso que aqui está, ao que ele responde "pois não, mas eu acho que assim, é que foi"!

 

Vai começo a ralhar com ele a dizer que há documentos que provam que foi assim que aconteceu, e que ele tem de aceitar e no teste as respostas têm de estar conforme o livro. Esta mania que ele tem de mudar a história, já não é de agora. 

 

Será  que quando tiver mais maturidade, ele vai fazer pesquisas, e vai provar que tem razão e vai mudar a história.

 

Que casmurrice!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Manter um emprego e ter o filho em segurança

por paranoias-de-mae, em 30.11.18

Cada vez parece mais difícil a tarefa de ter um emprego e manter um filho em segurança. Principalmente quando a escola do filho, e a terra onde a mãe ou o pai trabalham não são a mesma, quando não há ATL's, avós, amigos ou outros parentes disponíveis para ajudar.  Muitos dos meus dias são de correria, e de aflição.

 

Cada vez noto mais falta de humanidade por parte de chefes, patrões ou dirigentes de empresas. Esquecem-se que as pessoas têm vida além do trabalho, têm responsabilidades, têm  filhos menores, e pior, como aconteceu comigo, ainda gozam e menosprezam a situação, como se tivéssemos de estar sempre disponíveis. Ainda enumeram as coisas que faziam quando tinham a idade do meu filho, como se ele aos 13 anos tivesse de já ser um homem e não um menino. Esquecem-se, que eram outros tempos e que as crianças não são todas iguais.

 

Durante anos eu ia para aquele emprego como quem ia a uma festa, feliz, entusiasmada, mas as coisas mudaram, as pessoas mudaram. Continuo a gostar do que faço, mas gostava que respeitassem mais os horários e que fossem mais sensíveis, que  conhecessem melhor cada empregado, não os vissem apenas como máquinas.

 

Será que poder ter um emprego e ter um filho em segurança é algo assim não difícil de conseguir!? Sim, porque para deixar um emprego de quase duas décadas, daqui a uns tempos o filho vai ganhar a autonomia que lhe falta e o tempo não volta atrás para eu recuperar o emprego!

45915496_2174206739270740_2766886492646146048_n[1]

Autoria e outros dados (tags, etc)


A disciplina de Educação Visual

por paranoias-de-mae, em 19.11.18

Desde pequeno que o rapaz não é dado ás artes. Enquanto no Jardim de Infância, os miúdos gostam de pintar de desenhos, para o meu aquilo de pintar era uma seca. E pronto, deve ser por isso que a disciplina de EDV é para ele, uma área difícil!

 

Possivelmente vai ter negativa. É  que a matemática ainda se vai safando, com explicações, agora esta, é para ele um martírio. Não tem jeito, não tem paciência, não acha piada, mas tem medo de ter negativa, pois já teve em anos anteriores. Preocupa-se, enerva-se por não conseguir fazer melhor!

 

Era bom que esta disciplina tivesse um papel mais leve, para descontrair, e não para ter notas negativas... eu também não tinha jeito para o desenho, mas no meu tempo, que eu me lembre, não havia negativas a Educação Visual!

 

Esta disciplina é o calcanhar de Aquiles dele!

edev[1].jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


E já começou a saga dos testes

por paranoias-de-mae, em 18.10.18

Começaram os testes, o estudo a sério, o stresse...

estudar.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)


O exesso de verde nos pratos

por paranoias-de-mae, em 07.10.18

O meu filho sempre foi um lingrinhas, para ele sempre foi complicado comer, principalmente sopa, legumes, saladas...

 

Nas férias ele ganhou peso, pois estando em casa, eu tentava sempre fazer algo que ele gostasse, com alguma sapiência, lá iam uns brócolos, umas cenouras cruas, alface, sopa de peixe, mas um coisa de cada vez, e se numa semana fazia sopa, só repetia na semana seguinte, alface dia sim dia não, brócolos uma vez por semana...

 

Regressou à escola, vê a ementa,  ainda tenta, mas não consegue comer no refeitório. Quando vejo as ementas percebo a razão. Ele até podia não comer a sopa e comer o prato. Mas o problema para ele é mesmo o prato, pois esse parto,  tem tanto verde, que logo à partida, o afasta, por exemplo, uma posta de peixe vem com brócolos, feijão verde, couve, beringela,e depois ainda vem a salada de alface, com agrião, rúcula, tomate. Há legumes que nós nem sabemos à partida identificar, por não ser habitual usar. Mas depois, não têm aquele aspecto bonito das imagens dos sites de dieta saudáveis, segundo me dizem, e como é comida que não é feita na escola, e por isso, é refrigerada, o aspecto não é convidativo, vem tudo misturado, tipo ao molho.

 

Alguns até gostam mas a maioria torce o nariz.

 

Pois é, parece que a intenção é boa, querem que os alunos comam legumes, mas é preciso exagerar? Por tudo isto, ele prefere comer sandes, e não o vou impedir, prefiro que coma as sandes, ao ele não comer, nada!

 

fotolia-51425778-subscription-monthly-m[1].jpg

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Fevereiro 2019

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
2425262728

Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D