Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Escolaridade

O rapaz está no 10º ano


As "orações complicadas" da gramática do 10º ano

por paranoias-de-mae, em 28.03.21

Um verdadeiro bico de obra, as orações coordenadas e subordinadas. Ele não consegue entender, eu não o consigo ajudar, nem vejo utilidade, nexo, nem interesse na coisa. Quando parece que já entendemos, vai-se a ver, está tudo errado! Não consegue passar de 8 valores nesta gramática! Estas orações deviam era se chamar "orações complicadas"!

GHTREJK.jpg

MJKLHGGG.jpg

LKNM345BH.jpg

Mesmo a ter explicação, a ver as aulas do #estudoemcasa, eu a tentar perceber.

E, pelo que sei é uma matéria que o vai acompanhar até ao 12ºano. Era desnecessário!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Ele não faz os sumários, nem tira apontamentos

por paranoias-de-mae, em 05.03.21

Um dia destes, tive oportunidade de assistir a uma aula que ele estava a ter pela internet.

Ouço um professor, a dizer "vamos lá então escrever o sumário", e vejo o rapaz com o caderno fechado à frente a não se mover para escrever nada. Faço-lhe sinal, a perguntar se não faz o sumário e ele responde "queres que faça o sumário, ok eu faço"!

Depois o professor, julgo que era o de história, falava, falava, e ele não escrevia nada. Não tira apontamento. No final perguntei porque não tirava apontamentos, responde que está tudo no manual e na plataforma da escola!

Não acho isto normal!  Quando lhe digo que no meu tempo, tirávamos muitos apontamentos, ele responde, que o meu tempo, é o meu tempo,e, que agora há o Google!

estudantesde2021.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)


Filosofia

por paranoias-de-mae, em 27.10.20

Com muita pena minha, o rapaz resolveu não gostar de filosofia. Como era uma disciplina nova, julguei que ele iria gostar. Talvez porque foi uma das minhas preferidas. Mas, tal como ele diz "Lá por tu gostares, não quer dizer que eu goste!"

Durante três anos andei a batalhar para que ele gostasse de francês, agora não vou pelo mesmo caminho. Ele já tem idade para entender que mesmo não gostando, tem de estudar, porque não pode ter negativa! Mas estou triste!

filosofia1_site[1].jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)


Os primeiros dias na secundária

por paranoias-de-mae, em 13.10.20

Isto realmente cada etapa do percurso escolar dele é vivida intensamente, não só por ele, mas principalmente por mim.

Tenho duas amigas de liceu, assim se chamava na época, cujas filhas entraram este ano para a universidade, elas estão muito preocupadas e expectantes.  Como eu as entendo e ainda não cheguei a essa fase. Principalmente porque com elas houve necessidade de as filhas ficarem longe, num dos casos, bem longe.

Ao olhar para elas, consigo pensar, que ainda não posso estar tão preocupada, que tenho de o deixar ganhar autonomia e responsabilidade. Pelo menos ele já me manda mensagem, quando está atrasado, ou quando há alguma mudança. Um dia destes em que eu trazia mais dois colegas dele, disse-me para eu colocar   a máscara. Gostei de observar nele esta sensatez, esta responsabilidade.

Já veio de autocarro para casa. Embora tenha achado uma seca as voltas que o autocarro dá, as paragens, o tempo perdido. Também teve um pequeno problema na primeira vez à chegada, mas tudo se resolveu. Tem de ter paciência!

Também me disse ter alguma dificuldade em concentrar nas aulas e pediu-me ajuda. Deixei andar um tempo. Mas perante a insistência dele, resolvi me informar sobre alguma coisa natural, porque químicos quero evitar, afinal ele tem apenas 15 anos. Fui à farmácia com uma ideia, e saí de lá, depois de aconselhamento, com outra.

Espero que ajude, que não crie habituação, que não lhe faça mal  e que resulte bem!

IMG599JPG.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)


De volta à escola, 6 meses depois...

por paranoias-de-mae, em 19.09.20

distanciamento socialescola.jpg

Não estou tranquila, tenho alguns receios, mas quero pensar positivo.

Que toda a comunidade escolar esteja unida, para seja  um bom ano letivo, que este maldito vírus se vá embora, para que todos possam voltar a ser livres!

Até lá cuidem-se, protejam-se e ajudem-se uns aos outros!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Saber se foi colocado na escola que escolheu

por paranoias-de-mae, em 31.07.20

Quando se muda de ciclo, de escola e de localidade, é um stresse. Ninguém diz se foi colocado, no portal da matricula está "a aguardar". Não sei se ficou na primeira opção. Porque, até  para encomendar os livros tenho de saber para que escola vai, porque cada escola adota os seus livros.

Depois disseram que as turmas provisórias iam hoje dia 31, mas não saíram. Só saíram em algumas escolas.

Com a pandemia nem sei se deveria ir ás escolas diretamente ver onde está o nome dele, mas não queria  continuar com esta dúvida.

Fico à toa sem saber o que fazer. O que vale é só eu estou stressada, ele nem se preocupa, menos mal. Eu "sofro"  por ele! 

mudardescola.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)


A despedida

por paranoias-de-mae, em 30.06.20

Pude assistir a uma das ultimas aulas desta escola virtual.

Devo de andar muito emotiva, porque ao ver uma professora chorar com a despedida, até chorei também. A dada altura a professora dizia que estar a olhar para o ecrã e a ver a maioria das pessoas num quadro preto, a entristecia, pediu se eles podiam ligar a câmara para se despedir melhor, mas os miúdos não quiseram, uns porque estavam despenteados, e outros, como o meu, porque estavam de pijama.

As meninas também já choravam, mas lá se ouviu a voz de um rapaz valente a dizer que tinham de ser fortes!

Não tiveram tempo de se despedir uns dos outros, da escola, dos professores, dos funcionários.

Não tiveram baile de finalistas, nem jantar, nem passeio.

Foi um fim de ciclo diferente.

Tempos melhores hão de vir!

adeus-escola-51788630[1].jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)


A minha história não se compara à dele

por paranoias-de-mae, em 08.03.20

Eu lutei tanto para que me deixassem estudar. Naquela época não era obrigatório, ou se era, a maioria das pessoas não cumpria. Mas eu queria estudar. Eu queria ser professora de escola primária. Eu não podia apanhar crianças em casa que arranjava logo papel e lápis e fazia de professora.

Eu ensinei as minhas primas mais novas, filhas de amigas, vizinhas. Mas todo o meu percurso foi difícil. Como tinha irmãos mais velhos que não tinham estudado, ditava a tradição que também não tivesse o direito a estudar. Mesmo que na minha época, tendo alguma diferença de idade deles, as condições dos meus pais tivessem melhorado.  Quando reprovei no 9º ano pensei que seria o fim. Porque a conversa era "se fazes isto, sais da escola"; " se fizeres aquilo, tiro-te da escola"; " se arranjares namorado, sais da escola"; " se chumbares, acaba-se a escola". Cumpri sempre tudo, mas reprovei com 3 negativas, e, passava se tivesse 2.  Por isso, implorei que me dessem mais uma oportunidade. Eu já pensava que mesmo que não conseguisse ser professora, ia conseguir um melhor trabalho com estudos. Aquilo que hoje chama bulyng tive até ao primeiro 9º ano, mesmo assim, adorava a escola. Consegui concluir o 12ºano.

Lamento que nessa época ninguém me tenha dito que podia trabalhar e estudar ao mesmo tempo, se tivesse essa informação, teria lutado um pouco mais.

É por tudo isto que tento ao máximo que o meu filho siga nos estudos, que se esforce, mas ele tem tudo tão facilitado, que não se rala com nada, que anda no deixa andar.

Parece que sou só eu a incentivá-lo, porque sei o que passei, e só queria o melhor para ele. E ele um dia disse que gostava de ser professor. Mas ele não percebeu ainda, que tem de trabalhar para isso!

236547lkj.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


A separação dos amigos

por paranoias-de-mae, em 23.02.20

Estiveram cá em casa uns colegas dele para fazerem um trabalho de grupo. Fico feliz que seja cá em casa, pois assim sempre sei onde estão,  se estão a trabalhar, e gosto de ouvir as risadas deles.

Em conversa com eles, acabei por constatar que certamente este será o último ano que este grupinho se mantém junto. O que me custa tanto. Sempre juntos desde a escola primária.  Para o ano   não vão todos para a mesma localidade, e cada um seguirá uma área diferente do outro.

Quando falava com alguém sobre esta minha preocupação, a pessoa que me ouvia, dizia "ah ele depois faz novos amigos, até lhe vai fazer bem, vai fazê-lo carecer"! Eu sei que isso é tudo verdade, mas ninguém o conhece como eu, ninguém tem consistência do quanto ele é tímido, e da dificuldade que ele poderá ter na integração. Porque quando ele mudou do jardim de infância para  a escola primária, levou alguns amigos, depois da escola primária para o segundo ciclo, novamente enorme mudança , mas sempre com os amigos. Por isso tenho alguma preocupação.

Espero que ele não desanime e não se perca! Espero que não desista de estudar. Desejo que a mudança seja feliz e que ele continue a ser a pessoa correta que é e que encontre novos bons amigos!

groupstudents.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)


Queres ser professor de história!?

por paranoias-de-mae, em 18.12.19

Agora que está no 9º ano temos falado sobre as disciplinas que ele gosta mais, de forma a escolher área para o 10 º ano. O que ele diz é que gostava de seguir com história e inglês porque são as disciplinas que mais gosta. Aliás, história, é desde a escola primária, aquela disciplina que sempre o apaixonou e despertou atenção. Chegou a ser super fã de Dom Afonso Henriques!

Alguém mencionou sobre uma pessoa que seguiu a área de história e que agora é guia em museus e reúne historia e inglês já que por vezes os grupos têm turistas estrangeiros e portugueses. Ele respondeu "sim, é uma hipótese"!

No entanto , há dias ele disse "eu até gostava de ser professor de história, mas depois os miúdos fazem barulho , portam-se mal e não vou saber o que fazer!"

Entretanto, passaram alguns dias e ele em casa volta a dizer "acho que gostava mesmo de ser professor de história" e vai o pai diz "ah, não tens jeito para isso", e eu digo logo " isso aprende-se, não se nasce ensinado"!

Depois a sós com o pai eu disse-lhe, para não o desmotivar, para o deixar ter sonhos, objectivos e para o deixar lutar por eles. Vai ele diz-me logo "sabes que não vamos ter dinheiro para lhe dar esse curso".

É verdade aparentemente e actualmente  não temos, mas eu sonhei anos em ser professora primária, não pude concretizar.   Agora o meu filho diz que gostava de ser professor! Comovi-me. Fiquei emocionada. Na minha altura, nem me ocorreu, nem ninguém me falou da possibilidade de ter um part-time a trabalhar e estudar ao mesmo tempo, porque se isso me tivesse ocorrido, eu tinha ido fazer o meu curso, suponho.

Agora parece que não temos condições para ele ir estudar, mas em 4 anos nunca se sabe. Se não fosse por questões de limitações de saúde eu arranjava outro trabalho. Mas não sabemos o futuro. Pode ser que coisas boas venham a caminho.

Ele até nem vai ter grande nota a historia neste período, não é  por não saber a matéria, mas porque não consegue, explicar por escrito as coisas, as situações, porque a falar ele sabe bem a matéria. Sabe até mais, porque pesquisa vídeos sobre as guerras mundiais, sobre os países envolvidos, enfim. Mas a seu tempo ele vai aprender.

O importante é ele ter este  gosto. Como mãe, fico feliz por ele! Ele vibra com história, situações do passado, apesar de ao mesmo tempo, gostar de novas tecnologias.

Andou tanto tempo sem saber o que queria ser, na primária quis ser veterinário, depois só queria ser youtuber...agora parece  estar no bom caminho para  uma decisão!

O que  mais lhe desejo é que ele seja feliz na profissão que escolher e que ao mesmo tempo seja  recompensado  por isso! Porque o dinheiro também faz falta, para ter uma vida sem sobressaltos. Que seja feliz!

1429593453_2015-04-21_081648[1].jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Abril 2021

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930

Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D