Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Escolaridade

O rapaz está no 11º ano


Das notas finais

por paranoias-de-mae, em 14.07.22

O rapaz passou para o 12ªano, sem negativas. A nota mais baixa foi 10 e a mais alta 17.

A nota de história, podia ter sido um pouco melhor, na minha prespetiva e pelos resultados dos testes. Também era a que ele precisava de ter melhor, porque é a área que ele quer seguir.

12892883_HJzTg.jpeg

Autoria e outros dados (tags, etc)


Avaliação qualitativa

por paranoias-de-mae, em 25.04.22

A avaliação desta vez foi qualitativa, uma vez que, sendo por semestres, só há duas vezes, avaliação quantitativa!

Este ano é a Filosofia que lhe anda a dar trabalho. Não queria nada que deixasse uma disciplina para trás. Se for mantiver o 9, não é mau de todo, mas era melhor que conseguisse chegar ao 10!

avaliação-portabilis.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)


As notas do primeiro semestre

por paranoias-de-mae, em 18.02.22

Este rapaz, por vezes até me surpreende. Ele nunca foi de ter grandes notas, pois também não estuda para isso. No entanto, foi numa disciplina que nada tem estudado, apenas está a gostar da matéria e do professor, e, por isso teve um 18! E não foi a história, que essa é supostamente  a sua disciplina preferida.

Sendo que esta foi a nota mais alta, também teve um 9. De resto andou por ali!

7645231772.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)


Receber um elogio

por paranoias-de-mae, em 05.12.21

Uma professora elogiou-o em frente à turma, pela nota que teve no teste.

Vinha entusiasmado, para me contar. Vi o brilho dos seus olhos. Que bem lhe fez. Por vezes faz falta.

Lembro-me de ter a idade dele e de nunca ter elogios. Que falta me fizeram. Tornei-me uma pessoa insegura por isso.

Felizmente houve uma prima, mais velha que me fez ganhar alguma auto-estima. Que me falta me faz essa prima, que infelizmente partiu cedo de mais!

Os elogios no momento certo, e com peso e medida, sem exageros e verdadeiros fazem muito bem!

elogiar.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)


Transitou de ano

por paranoias-de-mae, em 11.07.21

Não foi um ano letivo fácil, muitas mudanças. Mudança de escola, de localidade. O seu habitual grupo de amigos desde o primeiro ano escolar, desfez-se. Ele é um miúdo sossegado, mas não era tímido, tinha o seu grupo de amigos, com os quais tinha as suas brincadeiras, jogos, até chegava a liderar. Entretanto mudou para uma escola gigante em comparação à anterior e não foi fácil a integração. No inicio, os professores não o entenderam, disseram que era anti-social. Podiam ter tentado entender ou ajudar, mas foi mais fácil colocar rotulo. Só eu sei o que me custava vê-lo desanimado. Fui sempre dando animo, incentivando. Depois a pandemia, também não ajudou, porque as aulas em casa, embora tivesse concordado que era mesmo necessárias, não eram a mesma coisa.

Entretanto aos poucos as coisas foram melhorando. Em relação à avaliação: correu bem,  não teve grandes notas, também porque não as ambicionou, mas empenhou-se naquela disciplina que teve 8 quer no primeiro, quer no segundo período e obteve um 10! Nenhuma nota dele foi de favor, foi tudo justo, incluindo esta recuperação.

Gostaria que no próximo ano, as coisas fossem mais fáceis. com ele bem mais integrado,e, se possível que se pudesse voltar ao normal, sem esta ameaça da pandemia!

BH3425.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)


Evolução positiva

por paranoias-de-mae, em 24.05.21

Eu tinha aqui escrito sobre uma disciplina que ele teve tanto no 1ª como no 2ª período um 8.

Quando já este período ele ia fazer teste dessa disciplina, ele estava desmotivado (achava que não valia a pena estudar) porque do 1º para o 2º período tinha evoluído um pouco e achava que podia ter 9, mas a professora manteve o 8. Mas eu insisti com ele, disse-lhe que não desistisse, que ainda poderia conseguir reverter a situação.

Então com algum esforço lá o convenci a tentar, a não desistir. Até lhe disse "prova à professora que és capaz, e vais ver que ela ainda se vê obrigada a dar-te um 10!" Ele ainda respondeu que isso não ia acontecer. Eu novamente insisti e disse: vais conseguir, acredita em ti, esforça-te, dá o teu máximo! Estudou!

Fez o  teste, disse-me que até tinha corrido bem, e que achava que podia ter positiva.

Quando recebeu o teste, ele que nem é de me mandar mensagens a não ser para responder a alguma coisa que lhe pergunte, mandou-me mensagem a dizer "Tive 13"!

Só nós sabemos o valor desta nota!

Pois  fui eu que o tive de encorajar para que ele não desistisse,  porque a professora deixou-lhe mágoa. Eu lutei por ele e com ele. Por vezes, há professores que desiludem um pouco os alunos, que lhes dão vontade de desistir, quando eles só precisavam de um pouco de valorização. Felizmente eu estou sempre atenta e não o deixei cair.

Claro que agora manter a nota não vai ser fácil, mas ele vai se esforçar de novo e agora com mais incentivo!

retyu7654.jpg

Espero que seja mesmo possível ele recuperar a nota, e perceber que quando se trabalha e se acredita em si mesmo, o resultado positivo, vai surgir!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Saíram as notas! Eu vi primeiro que ele! Meu sentimento : injustiça!

As notas dele variaram entre o 12 e o 14 exepto uma...que foi 8! Nunca foi aluno de altas notas, mas também raramente teve uma negativa.

Já no primeiro período teve esse mesmo 8, este período esforçou-se para subir. A professora até disse que  ele tinha evoluído e que tinha notado o esforço. Quando ele humildemente pediu um 9, a professora não disse que não. Ficou convencido que teria um 9. Até estava entusiasmo, dizendo que só faltava um bocadinho, que ia já ver a matéria que vinha a seguir para se inteirar  e conseguir superar a nota.

Vai, leva um banho de água fria!

Vai, cortam-lhe as asas.

Vai, tiram-lhe a esperança!

Aquela professora, do pouco que ouvi uma vez que ele estava na aula pelo computador, pareceu-me muito atenciosa e querida com as meninas e quando a conversa era com os rapazes , era a despachar! Mas foi apenas um parecer, não quero de modo algum, estar a pensar errado!

Ele é tímido e participa pouco nas aulas, como mudou de escola e não conhece ainda os colegas e os professores, fala pouco, mas ninguém percebeu que isso é do feitio dele, apenas acham que ele é anti-social! Ninguém tenta puxar por ele, dar-lhe confiança, para que ele fale.

Custa-me vê-lo tão desanimado, a achar que já não vale a pena, que para aquela disciplina está perdido o ano. Lá o tento animar, mas não está fácil!

Não sei o que estes professores ganham com estas atitudes! Será que não percebem que estão a ser injustos!? Que estão a condicionar a vida das pessoas. Que estão a desmotivar, quando deviam de dar uma oportunidade!? Não são também eles pais!? Não têm sentimentos!?

notasavaliacaopt.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)


Da primeira ronda de testes

por paranoias-de-mae, em 12.11.20

Agora, como sabem,  as notas dos testes são de zero a vinte. Não teve altas notas, mas safou-se entre os 11 valores e os 13 valores com duas excepções: uma nota muito baixa, negativa mesmo, a português e 18 valores a história!

Sempre gostou muito de história, mas para ser professor de história, não pode ter só boas notas a história, o português não se pode deixar para trás!

14.11[1].jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)


O 8º ano está definitivamente encerrado

por paranoias-de-mae, em 29.06.19

Correu tudo bem, ele transitou de ano, sem negativas, tal como estávamos à espera!

concluson.jpg

Não quero parecer picuinhas, mas, há coisas que me intrigam. É certo que no ultimo período, os professores puxam ao máximo as notas, para que os alunos transitem de ano. O que me incomoda é que por exemplo os professores dêem o mesmo 3 tanto a uma aluno que teve 42% e o outro teve 72%, quando o nível de participação e outros itens é praticamente o mesmo. Tanto que achávamos que ele ia ter um 4 a essa disciplina, visto que sempre teve mais de 60% e outros nunca passaram dos 55%, e tiveram alguns quarentas e até trintas e tal. Mas, eles é que sabem.

 

Episódio 8º ano, está encerrado, e também já está matriculado para o 9º ano. Agora é hora de descansar e recarregar baterias!

Autoria e outros dados (tags, etc)


A aguardar os resultados

por paranoias-de-mae, em 18.06.19

O rapaz vai passar de ano,  e o mais certo é que não tenha negativas. Claro que se ele quisesse podia ter melhores resultados, mas ele contenta-se apenas com o necessário, tenho pena, que não tenha mais ambição neste campo!

Mas certeza dos resultados, ainda não temos!

De qualquer forma, sinto-me aliviada por não ter de estar a estudar com ele, a fazer fichas, também já precisava de "férias" da escola!

850_400_ferias-escolares[1].jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Julho 2022

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31

Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2011
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D